sábado, 9 de junho de 2012




Saber o tipo de sangue e o fator RH de uma vítima de qualquer tipo de acidente, na maioria das vezes leva um certo tempo para equipes de resgate que trabalham para salvar vidas ou amenizar o sofrimentos das pessoas. Pensando em otimizar esse tempo, o deputado estadual, Walter Alves deu entrada num Projeto de Lei que caso aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo Governo do Estado do RN, o ITEP, órgão responsável por emitir carteiras de identidade terá que colocar no documento de identidade, RG, o tipo de sangue e o fator RH de quem for fazer o documento. O projeto do parlamentar prevê que a informação sobre o tipo de sangue e fator RH é facultativa e tem finalidade de facilitar o trabalho das equi­pes de salvamento e as emergências dos hospitais em atendimento de toda natureza. O objetivo principal é facilitar e ampliar o trabalho das equipes de resgate, bem como os serviços de emer­gência dos hospitais.


TODOS OS CAMINHOS, HOJE EM CEARÁ-MIRIM, LEVAM AO ARRAIÁ DA FAZENDA EUROPA DO VEREADOR JÚLIO CÉSAR.
SERÃO MUITOS ATRATIVOS, FORRÓ, POLÍTICA, COMIDAS TÍPICAS, POLÍTICA, AMIGOS, POLÍTICA, CONVIDADOS ILUSTRES, POLÍTICA, MUITA DIVERSÃO E CLARO MUITA CONVERSA SOBRE POLÍTICA.
NOS ENCONTRAREMOS POR LÁ.